Criar um Site Grátis Fantástico
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
INQUÉRITO
DO QUE GOSTOU MAIS?
Fotos
Canções
Videos
Poesia
Textos
Projectos escolares
Tema religião
Tema mitologia
Ver Resultados

  • Currently 2.48/5

Rating: 2.5/5 (1315 votos)




ONLINE
2





Partilhe esta Página



BENVINDO

WELCOME

BIENVENU

WILLKOMMEN

BIENVENIDO

benvenuto

välkommen

bine ai venit

ترحيب

ברוך הבא

आपका स्वागत है

歡迎

καλωσόρισμα

добро пожаловать

ยินดีต้อนรับ

환영

kuwakaribisha

歓迎

ողջույն

selamat datang

நல்வரவு

 

 

 

 SOBRE MIM

     O meu nome é carlos manuel, sou professor, autor, compositor, colecionador de instrumentos musicais de todo o mundo e viajante sempre desejoso de ir mais longe. Gosto de viajar dentro de mim, em busca de novos lugares de inspiração e criatividade. Gosto de viajar na musica, na beleza das palavras e dos sons. Gosto de fazer música para quem nela quiser viajar.

 

VER TAMBÉM

www.vozetnica.blogspot.com

 

 MUSEU

     A instalação de um museu, onde possa ter exposta, de forma permanente, a minha coleção de instrumentos étnicos de todo o mundo, é um desejo só possível com ajuda jurídica e financeira. Para quem puder, e quiser ajudar, por favor contacte-me para o meu email carlosmanuel.sp@gmail.com Obrigado.

 

 

PUBLICIDADE

    No sentido de proporcionar receitas para a instalação do museu, é possível também a colocação de publicidade neste site. A eventuais interessados deixo o meu contacto de email: carlosmanuel.sp@gmail.com

Adufe genial da Catarina Anes, para Projeto Escolar Duff e Adufe, ano letivo 2015/16. Trabalho realizado pela Catarina com o seu pai e mãe. Muito obrigado. Clique no slideshow e aceda à página Duff e Adufe.

Projeto Escolar Duff e Adufe. Adufe pavão do professor, feito em caixa de pizza e cartolinas. Mais fotos, canções e vídeos em janela EDUCAÇÃO, item Duff e Adufe

 

cartaxo da Catarina Anes e do pai

Cartaxo da Catarina Anes, 5ºF e do pai, para projeto escolar cartaxos, ano letivo 2014/2015. Ver fotos e canções em item Educação/Cartaxos. Este trabalho obteve o 1º lugar no concurso de cartaxos.

Painel de cartaxos de João Henriques e família

Painel de cartaxos de João Henriques e família para a exposição escolar 2014/2015. Ver fotos e canções em item Educação/Cartaxos. Este trabalho obteve o 2º lugar no concurso de cartaxos.

Museu Virtual

Clique na imagem e aceda a link

cartaxos do João Henriques, do pai e da mãe

Cartaxo do João Henriques, do pai e da mãe. Projeto escolar 2014/2015 "Cartaxos". Ver fotos e canções em janela Educação, item cartaxos.

 

cartaxos bruxa

Cartaxos bruxa do professor. Mais fotos e canções em janela Educação, item Cartaxos.

 

Mobile sonoro

Mobile sonoro vencedor do concurso escolar. Feito por alunos e monitores da Cercimor. Do aluno Pedro do 5º ano. Mais fotos, video e canções, no item EDUCAÇÃO, mobiles sonoros.

Mobile sonoro

 

fundaçãocmcm

Clique na imagem e aceda a link

 

Chincalhos

Chincalhos. Feitos por alunas de 5º ano e famílias para a exposição na escola. Estes chincalhos inspiraram canções ao professor, que foram trabalhadas nas aulas, com flautas e instrumental Orff, gravadas e filmadas. Mais fotos e canções no item EDUCAÇÃO, canções dos instrumentos.

Chincalhos

Clique na imagem para ir a:

CMSerProfessor

 

Mobile sonoro

Mobile sonoro feito por aluna do 5º ano e a avó. Inspirou a canção Búzios, que se pode ouvir no item EDUCAÇÃO, mobiles sonoros.

 

carlosnetmood

Clique na imagem para aceder a link

 

Maraca

Maraca gato branco. Feito por aluna do 5º ano e família. Canção inspirada neste instrumento no item EDUCAÇAO, canções dos instrumentos.

 

Mobile sonoro

Mobile sonoro de canas coloridas. Feito por aluna do 5º ano e monitora da oficina da criança. Inspirou a canção Canavial, em item EDUCAÇÃO, mobiles sonoros.

 

pinto a manta

Clique na imagem para aceder a link

 

Reco-reco

Reco-reco galo. Feito por aluno do 5º ano e família para exposição escolar. Inspirou a canção Um regalo, que se encontra no item EDUCAÇÃO, canções dos instrumentos.

 

Reco-reco

Reco-reco peixe. Colaboração de aluna de 5º ano para a exposição na semana de educação musical. O instrumento foi construído por um senhor amigo da família, no Escoural. Inspirou canção, que se encontra no item EDUCAÇÃO, canções dos instrumentos.

 

Cartaxo

Cartaxo. Instrumento de cana, utilizado nos ranchos folclóricos. Oferecido por aluno. Tema para a exposição escolar deste ano letivo 2014/15. Ver fotos e canções no item CARTAXOS.

 

Natureza sonora

Natureza sonora. Projeto escolar. Mais fotos e canções em item EDUCAÇÃO, natureza sonora.

 

Mobile sonoro

Mobile sonoro com aproveitamento de tampas de garrafas e algumas conchas. Colaboração para a exposição escolar de aluno de 5º ano e família. Inspirou a canção Tampinha, trabalhada na aula com vozes, flautas e Orff.

 

Tréculas

 Tréculas. Idiofone tradicional português. Este instrumento foi feito pelo pai de uma aluna de 6º ano para a exposição da escola subordinada ao tema "instrumentos tradicionais". Inspirou uma canção, que a turma trabalhou com vozes, flautas e Orff. Mais fotos e canções em item EDUCAÇÃO, canções dos instrumentos.

 

          

  

 

                 

 

 Ronca de Elvas

 Ronca de Elvas. Mais fotos em MUSEU e EXPOSIÇÃO. Veja também o video no atelier do autor das roncas, Luis Pedras, em OUTRAS ARTES, roncas de Elvas.
         
 

 
         
    
Cordofones e idiofones da minha coleção. Mais fotos em item MUSEU e EXPOSIÇÃO.

 
 
            

     

 

 

 

Mobiles sonoros

 Mobiles sonoros. Mais fotos, videos e canções em item EDUCAÇÃO, mobiles sonoros.

 

 

        

 

 

                

 

 

Na sala de aula

 

 

 

 

 

               

 

 

 

 

 

 

 

          

 

 

                     

 

 

 

 

 

 

 

             

 

 

 

 

                      

       

 

      

 

 

 

      

 

 

            

 

        

 

 

 

 

          

 

 

 

 

 

 

                       

 

 

 

 

 

                  

 

 

 

                  

 

 

 

          

 

 

 

                

 


omã
omã


OMÃ

          Omã, cuja capital, Muscat, me pareceu um quadro, com a moldura das montanhas sempre presente por toda a cidade. Quem entra nos Emirados Árabes pelo Dubai tem livre acesso a Omâ sem custos de visas. De autocarro são seis a sete horas de viagem, com as formalidades na fronteira, mas vale a pena. Em Muscat tive a sorte de encontrar numa loja do souq ( mercado ) um instrumento musical que desejava muito, un rubab afegão. Assim que o autocarro chegou ao seu destino no centro de Muscat, tornou-se necessário cambiar dinheiro para a moeda local, por forma a poder deslocar-me de táxi ou outro meio de transporte, para o ponto da cidade que pretendia, o passeio maritimo, ou corniche, como se denomina por lá. Um senhor, nas suas vestes tradicionais, uma túnica branca até aos pés e um chapéuzinho peculiar, abordou-me, talvez pressentindo o que eu procurava, e ofereceu-se, insistentemente, para ajudar. Tentou que eu trocasse dinheiro com ele, coisa que eu recusei, apesar das insistências. Lá nos fomos entendendo em inglês mal falado, e, por fim, quando assimilou que eu estava com receio das suas boas maneiras e não aceitava o que me propunha, perguntou para onde eu pretendia ir, ao que eu respondi, e ele, então, tranquilizando-me, conduziu-me ao local onde paravam umas mini vans, que transportam nove pessoas, e, quando o veículo parou, falou com o condutor, certamente explicando para onde eu pretendia ir e que não tinha dinheiro local para pagar. Como não conheço árabe suficiente para entender o que falavam, fiquei de novo alarmado, pois a van estava cheia de pessoas, eu tive que ir na frente, já quase sem espaço, penso que a lotação estava ultrapassada, e, não tinha a certeza de tudo aquilo ir acabar bem. Mas acabou. A van transportou-me até ao corniche, e esperou que eu fosse à recepção de um hotel para cambiar dinheiro.

 

MULHER ÁRABE

 

Aquela mulher vestida de noite

perto do souq em muscat, Omã

lenço nos cabelos

que se adivinhavam belos

como a luz dessa manhã

junto ao mar perfeito

ouro no braço, olhos de mel

a lua cheia, pérola ideal

para o seu peito

anéis de saturno, minha ilusão

ficariam bem naquela mão

de marfim, que alvura

aquela mulher olhou para mim

seus olhos falavam do orgulho sem fim

na sua cultura

 

aquela mulher de véu vermelho

que me chamava para falar com ela

pintava um rendilhado

flores no pé delicado

de outra mulher bela

de chapéu direito

vestido chique, muito elegante

a mulher árabe, exuberante

nenhum defeito

naquela grande praça de Marrakech

som de ghaitas que encantam cobra

os cavalos, a caleche

ali acreditei na fantasia

que o mundo todo era apenas sobra

dessa alegria

 

aquela mulher na praia em Dubai

espreitava o sol com olhos de deusa

corpo belo, meu medo

corpo de segredo

misto de ninfa e musa

via o tempo chegar

toda de negro, o mar azul

ali sózinha, relógio de sol

parecia sonhar

mulher assim, moderna e sem moda

guardava as estrelas da noite toda

deus lhe pediu para guardar

ela, imóvel, sentada na areia

esperava que o mar

a transformasse em sereia

 

aquela mulher vestida de branco

mãe de pérola, toda cintilante

naquele dia azul

noiva  árabe em Istambul

parecia um turbante

que tinha na cabeça

era tão linda, a tradição

minha alegria,meu coração

a bater depressa

nessa rua estreita para a mesquita

eu nunca vi noiva mais bonita

não esqueci, a sedução

aquela mulher disse que sim

com um sorriso que não tinha fim

tinha uma lição.

 

OMÃ, souq

 

OMÃ, Muscat, corniche, o canto do muezzin